sábado, 31 de outubro de 2009

Selinhos que ganhei da Lucy!

Dois selinhos pra alegrar o meu dia, olha que coisa mais linda que a Lucy me ofereceu! Yeeeeyy! - e vem com memes, de brinde, rsrsrs. So....let´s go. Ah, sim, antes de mais nada, devo me desculpar pelo demora em postar novamente, mas é que os dias mais recentes têm sido intensos, nem sempre no sentido positivo. Mas vamos que vamos! O que não mata fortalece, rsrsrs. Agora, sim, com vocêêêês, meus selinhos:

Bem, este vem com perguntinhas básicas para responder, e como não vem com regrinhas de repasse, vou ficar com ele (ai, ai, ai, como estou egoísta hoje, kkk):

O que um blog deve ter não somente para você segui-lo, mas para seguir e participar?
Eu me interesso por blogs criativos, e que agradam também aos meus olhos. As palavras escritas devem ter sabor de poesia e de alegria. Aí, eu sigo, participo, viro fã.

Qual foi o principal motivo que te levou a abrir seu blog?
Como disse na primeira postagem, queria sentir o sabor de um recomeço. Bem, não deu muito certo, porque continuei falando as mesmas coisa que no blog anterior. Mas mudei bastante coisa, e de alguma forma, recomecei antes de recomeçar de verdade, se é que isso dá pra entender.

O que os selos representam no seu blog?
Para mim, significa um reconhecimento público de que existem pessoas que acham agradável o que escrevo, e que se sentem bem aqui, o que me deixa imensamente satisfeita.

Existe algum motivo no mundo pelo qual você abriria mão de continuar com o blog? Qual(s)?
Se existe, ainda está para ser inventado. Até agora até surgiram algumas coisinhas que poderiam, quem sabe, se tornar motivos, mas bati o pé, e continuei, rsrsrs.

Agora este, também muito interessante, com meme também:
devo escolher 3 blogs lindos, criativos e poéticos e dizer qual poeta o autor seria, se fosse um poeta famoso.

Ofereço o selinho a Luciana, que seria Cecília Meireles, porque descreve a vida com aquele gosto tão agridoce de transitoriedade. Aquela sensação de que a vida é tão frágil e tão linda, que devemos aproveitá-la a cada momento, fazendo coisas realmente boas, e valorizar os pequenos detalhes que passam despercebidos para muitos.

Ofereço o selinho também para João Ramos, que seria Pablo Neruda, pela intensa paixão com que fala sobre o amor. Ah, o amor romântico..., dói senti-lo em toda a sua plenitude. Mas não existe viver sem tê-lo sentido pelo menos uma vez.

Ofereço, por último, para a Raquel, que seria Sophia de Mello Breyner Andresen, por causa da fluidez das suas palavras, e por causa da luz nas "fotografias" que tira da vida: luz que vem do mar, das aves, dos nevoeiros...que vem do amor.

Espero que gostem! Muitos beijos, e muitas, muitas pétalas!!!


3 comentários:

Rach disse...

amei amei amei!
muito obrigada Pétala, do fundinho do coração (romântico ihihih)

Latitudes disse...

fiquei sensibilizado pela distinção que atribuíste o meu blogue... e embora muito longe da auréola de Pablo Neruda...
insisto no amor... porque... "é no beijo quente feminino que me sonho eternamente pequenino"
obrigado
abraços, beijos e
muitas pétalas de poesia

Pétala disse...

Rach querida, já até expliquei o que pra mim é um blog viciável, não é? Pois é, e o seu é assim. Eu vou lá e saio assim: puxa, mas não é que é isso mesmo, uau, nunca tinha pensado nisso. kkkk muito bom.

João, você é modesto, é isso. Obrigada por vir, as portas estão abertas pra você também, tá?

Beijos e pétalas.