quarta-feira, 13 de janeiro de 2010

I wish I couldn't love you this much...

Estou apaixonada pela música "Save you", da Kelly Clarkson. Porque é linda, e porque a letra é toda "minha". E quando ela diz "I wish I could say to you I'm not going nowhere", eu balanço a cabeça e penso "é exatamente isso que eu sinto". E quando ela ela diz "it's gonna be alright", eu sinto aquela saudade de poder consolá-lo nos momentos mais difíceis da vida, de dar o ombro para o outro chorar. Mas, me perdoe, eu me esqueci completamente de você. Esqueci que o simples fato de pensar em te ter ao meu lado para toda a vida, é ingenuidade minha. O teu livre arbítrio te leva para longe, bem longe de mim. Pensando bem, para que eu te diria que não vou a lugar algum? Não faria diferença. Quem sabe, um dia, meu coração entenda isto? Quem sabe, um dia, eu não sinto alguma vontade, mesmo que seja bem pequenininha, de ir a algum outro lugar? Sem pensar se deste lugar ainda posso te alcançar. Sem pensar se vou me arrepender de estar nesse outro lugar. Enfim, sem pensar em você. Quem sabe um dia, eu consiga mover um neurônio, que seja, nessa direção.

6 comentários:

Debor@h disse...

Petala querida,

Estava comsaudades suas. Nossa amiga,quanto amor e quanta tristeza ne.Desilusoes da vida,de amor,ihhh eu to passando por isso no momento e prefiro nem falar haha

E duro quando estamos em sintonias diferentes e cada um quer uma coisa. Eu estou decepcionada e desiludida e a gente sofre feito besta, mas passa hahah Bjsss

*Bela Poeta disse...

A música do seu blog e esta citada em seu poema são realmente tocantes. Bonitas mesmo. E, quando uma pessoa se afasta de nós, de fato já não há mais nada o que dizer. Apenas tentamos achar um jeito de "ficarmos bem", seja lá o que isso possa significar.
Lindo e comovente, como sempre!
Bjjss e saudades.
Vanessa.

Pétala disse...

Ah, Debor@ah como te entendo, mas você está pensando positivamente, parabéns! Olha, prometo que vou colocar uns posts mais alegrinhos, tá? rsrsrs.

Bela, cada um arruma seu jeito de "ficar bem", ou pelo menos, "parecer bem".

Beijos e pétalas.

Violeta disse...

olá petala... infelizmente nao sei quando vao ser «matadas» as saudades... a pessoa em questao tá longe e em missão...
beijinhos e obrigada pelo comentario

Lampejos disse...

...
a música é a mais pura expressão da alma

que surge quando faltam palavras para dizer...

da certeza de um final contra o qual parece não caber nenhum movimento

e os sons são necessários
para que a alma possa expressar... a saudade...
essa que nos destroça por dentro.


(a)braços,flores,girassóis..(::)

Pétala disse...

Violeta, ainda assim, digo que a distância geográfica ainda tem remédio.

Lampejos, obrigada por deixar aqui um comentário tão lindo!

Beijos e pétalas.