quinta-feira, 30 de junho de 2011

Pétalas da vida 10: Uma pitada de ternura

Ela estendeu os bracinhos para entregar algumas folhas de papel,
com desenhos e uma pequena e linda carta,
do fundo do seu coraçãozinho.
.
E brotaram lágrimas dos meus olhos...
pela delicadeza de oferecer algo,
pelas minhas próprias memórias,
pela pureza que emana dos olhos
quando somos crianças.

3 comentários:

Nathacha disse...

A doçura que se é quando criança é incomparável quando esse ser cresce e torna-se adulto...

Seguindo o seu blog ^^

Se puder retribuir, ficarei grata :)

Seu comentário é importante!

Um beijo

Nathacha

T.H.A.R.Y disse...

Amei seu blog as poesias são lindas, profundas e uma forma diferente de se entender. parabens.
Thary de:
Pensando em *Silêncio:http://pensandosilencio.blogspot.com/

*Pensamentos em musicas:
http://pensamentosemmsicas.blogspot.com/

*Borboletas Lilas: http://borborlis.blogspot.com

*Historiando: http://histriando.blogspot.com

*Sem comen'T.H.A.R.Y'os: http://semcomentharyos.blogspot.com/

Pétala disse...

Oi, Thary, muito obrigada! Depois vou fazer uma visita em cada um destes blogs, só de olhar, já gostei dos nomes!

Beijos e pétalas.