quinta-feira, 24 de março de 2011

Pétalas da vida 9: Você está falando sério???

Eu: Alôôôaaahh...?
Operador de telemarketing (que iremos chamar de I., de inconveniente): Bom dia, eu gostaria de falar com senhora Fulana de tal, por favor?
Eu: Sim, sou eu!
I.: Senhora, estamos oferecendo um novo pacote para ligações, em que a senhora vai estar pagando apenas X., no que antes a senhora pagava Y.
Eu: Ah, muito obrigada, mas nesse momento, realmente não tenho interesse.
I.: A senhora não tem interesse? Mas no nosso sistema verificamos que a senhora novamente ultrapassou a quantidade de ligações oferecidas pelo pacote...
Eu: Queridinho, desculpe interromper, mas realmente não estou interessada.
I.: Mas o valor que a senhora vem usand...
Eu: Desculpe interrompê-lo novamente, é o seguinte: em alguns meses, vou ultrapassar, sim. Em outros meses, não. No mês que eu fizer menos ligações, quero pagar este mesmo valor, e não um valor mais alto que você vai me oferecer, que será vantajoso, em alguns momentos, mas não sempre.
I.: Entendo...
Eu: (pensando)...não entende porcaria nenhuma, e vai continuar falando, quer ver?
I.: Mas além desse pacote, tenho outro do seu interesse.
Eu: (pensando)...não disse?
I.: É um pacote que oferece uma quantia X de ligações interurbanas e interestaduais. A senhora por utilizar...
Eu: Já vou eu te interrompendo de novo, não é? Mas é que - não sei se eu fui clara o bastante - realmeeeeeente  não es-tou in-te-res-sa-da no momento, entendeu?
I.: Por que não, senhora, se no nosso sistema consta que no mês passado, a senhora fez duas ligações interestaduais e....
Eu: Ok, eu não vou responder a esta pergunta. Já acho inconveniente você ver toda a minha vida telefônica neste sistema, e ainda tenho que responder por que quero ou não uma opção de pacote da operadora? Pra eu te dar essa resposta, preciso contar detalhes da minha vida, e, vai me desculpar, mas aí já é demais!!!

Pelo visto, acabou-se o tempo em que o pessoal de telemarketing era mais discreto...

4 comentários:

Debor@h disse...

Querida Pétala,
Não suporto esses telefonemas de Telemarketing, aqui em Israel quase não acontece isso. Como existem pessoas que nãos e tocam né, muito constrangedor e inconveniente mesmo haha. Beijão!

Pétala disse...

Que ótimo que aí isso não acontece. Em todo caso, espero que no seu retorno ao Brasil, os telemarketers não te amolem, kakakaka!

Beijos e pétalas.

Rach disse...

Honestamente! Já não há privacidade neste mundo...
Eu arranjei um daqueles telefones fixos que mostra o número de quem está a ligar, ou o nome, e já o programei para saber que telefonemas não atender ;)

beijo**

Pétala disse...

Ah, Rach, não sei se onde você mora tem o mesmo nome, mas aqui chamamos de BINA. É mesmo muito útil.

Beijos e pétalas.