quinta-feira, 20 de agosto de 2009

Porque ela merece!

.
Eu sou apaixonada por Baby Blues (Zoé e Zezé). Cada história tem um significado muito interessante por trás da piada que faz rir. E nessa historinha, no final das contas, é tudo sobre o valor da mãe. E os filhos que não percebem isso. Claro, a menina da história talvez seja um pouco pequena pra isso, mas a mãe também pode começar a fazer ela entender um pouco da grande responsabilidade materna que ela tem. Dia de mãe é todo dia, e toda a hora, e todo minuto. E por isso, os filhos deveriam demonstrar esse amor continuamente, independente de calendário. Vale fazer uma surpresa quando é surpresa mesmo, com uma coisa que parece simples - uma conversa animada sobre qualquer coisa tomando sorvete - mas não é, vale fazer uma hidratação no cabelo dela, uma limpeza de pele com os produtos da Natura, uma tarde de compras no shopping com cinema extra e pizza depois. Vale muito fazer tudo isso, porque amor é pra ser demonstrado e gratidão é pra ser construída e treinada, porque não nascemos com isso. Aprendemos depois. Vale muito fazer tudo isso, porque nos tornamos pessoas melhores, e afinal de contas...porque ela merece!

5 comentários:

Ana'Space disse...

Oh mulher claro que podes levar o da Pin Up :D
E vê-la não tenhas nenhum ataque cardiaco que nós gostamos de te ter pelo nosso blog! :)
Beijinhooo*

Solange Maia disse...

Tudo muito bom por aqui....

Fiquei encantada e apaixonada pelo belo e profundo texto sobre o garoto que vendia cocadas.

Adorei o querer coisas simples.

Fantástico.

Impossível não virar seguidora e fã.

beijoooo

Pétala disse...

Então, vou trazer pra cá o selinho. Obrigada, Aninhas lindaaaas! E continuem colocando aquelas fotos maravilhosas por lá, kkkkk!

Solange querida, muito obrigada mesmo! Volte sempre, vai ser um prazer te receber aqui.

Beijos e pétalas.

Borboleta Roxa disse...

Nossa, Baby Blues! A quanto eu não lia!
Tirinhas muito boas...
Um abraço!

Pétala disse...

Borboleta roxa, matou as saudades, então, kkkkk...

Beijos e pétalas.